War – American Empire. Goal: conquer Cyrenaica

Posted on 23/03/2011

0


Quem dera a porcaria aqui se resumisse na bagunça midiática sobre a grafia de Gaddafi/Khadafi/Kadafi…

O ditador líbio teima em continuar sua guerra pessoal contra sua população (fonte: Folha de São Paulo)

O país que estendeu uma guerra mundial por meio século em nome da liberdade e da democracia fez vista grossa para a Líbia por 41 anos. Agora que a casa caiu no norte da África, o ditador Gaddafi está largando o aço na população, dizendo que não vai largar o osso não.

Obama jogando War (em português: "governando os EUA") numa lan house privada no Rio de Janeiro (fonte: BBC)

Mas os EUA não querem perder na corrida das balas (competir é para os fracos, os fortes e americanos vencem), e orquestram um ataque contra o país também, valendo-se da ajuda de nações interessadas no que virá depois desse conflito.

Não importam os tiros e os bombardeios contra civis; eles podem vir tanto da ditadura quanto das democracias. É algo completamente irrelevante; porque tudo isso acontece na superfície. O que vale mesmo na Líbia está no subsolo, a salvo, esperando pelo resgate. Vai que os rebeldes põem a mão lá primeiro…

Anúncios