Bolsonaro é isso aí!

Posted on 30/03/2011

0


Rola por aí o vídeo polêmico em que o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) fala um monte de bobagens (mais uma vez). Ele é do tipo que é lembrado por isso, famoso por isso, e requisitado por isso. Combina assim perfeitamente para lugares e ocasiões também cheias de bobagens, como o programa do Marcelo Tas e do Rafinha Bastos, o CQC, que são famosos por isso, assistidos por isso.

O vídeo queima na largada com esse CQC se arrogando de ser porta-voz do povo, mas isso e o Marcelo Tas são fichinhas perto da figura do deputado Bolsonaro. A trollada gratuita em cima da Preta Gil está agora sendo “justificada” como um engano. Pensou o deputado que ela perguntasse, no fim de uma sequência de questões sobre homossexualidade, o que faria se o filho dele namorasse um gay (e não uma negra, como de fato ela perguntou). Bom, se é verdade isso, o problema pouco muda (talvez penalmente, apenas); pois ao invés de racismo, ele atesta sua homofobia e de brinde chama gays e a Preta Gil de promíscuos.

Mas vamos lá de novo ver o lado otimista da vida para nos convencermos pela prova dos nove de que este mundo é mesmo uma porcaria. O nobre deputado foi muito é cordial. Pelo menos se compararmos com outras declarações dele. A pérola abaixo foi tirada do Belo Tiro, lá tem outro vídeo em que o Bolsa nos brinda com um absurdo (no último minuto da filmagem); a ocasião foi um protesto feito pelo Grupo Tortura Nunca Mais em frente ao Clube Militar no Rio de Janeiro, e o contexto era a revisão da Lei de Anistia.

 

 

Como bem disse o Leonardo Sakamoto, perto disso, o “estupra mas não mata” do Paulo Maluf (colega de partido do Bolsa) é um apelo humanitário incompreendido. Talvez o pior de tudo é que o deputado não é uma viúva da ditadura, e sim um órfão, porque não chegou a efetivamente viver nela.

 

Minha vontade é a de mandar esses caras todos à… mas não podemos, por uma série de motivos que emporcalham este mundo. Mas eles podem sim fazer isso, e com um sorriso e postura cheios de nonchalance:

 

 

Não se preocupe, nobre deputado. A gente já tá fodido. Mas com você na política, fica tudo ainda pior. Eu quase fico com vontade de eutanasiá-lo, mas além disso não retribuir a gentileza com que trata a população que representa, se eu pudesse fazer isso não seria muito diferente de você e sua laia, certo? Não é porque este mundo é uma desgraça (em parte por causa de gente como você) que eu vou me rebaixar ao seu patamar.

Longa vida para você, Bolsonaro. Continue vivendo e se fodendo nesta porcaria de mundo que você bem colabora para criar.

 

Tá bom ou ainda precisaria falar de que ele está no sexto mandato consecutivo no Congresso Nacional? Sabe aquela história de que política no Brasil não muda? Coincidência? Só não critico o povo do Rio de Janeiro porque faço parte de um eleitorado que elege o mesmo absurdo de PSDB para o governo estadual há quase duas décadas. Todos têm teto de vidro… este mundo é uma grande porcaria.

Anúncios